Notícias

DROGAS DE FERTILIDADE E RISCO DE CÂNCER DE MAMA 17/04/2014

O uso de medicamentos para a fertilidade não aumentou o risco de câncer de mama ao longo de 30 anos, exceto em mulheres que foram expostas a uma dúzia ou mais de ciclos com citrato de clomifeno (Clomid@, Indux@, Serofeno@), de acordo com pesquisa publicada recentemente.Os resultados do estudo, publicado no AMERICAN ASSOCIATION FOR CÂNCER RESEARCH CÂNCER EPIDEMIOLOGY, BIOMARKERS & PREVENTION revista, deve ser visto como um sinal tranquilizador que medicamentos para a fertilidade são seguros de usar, disseram os autores. “Mesmo com altas doses de medicamentos recebidos pelos nossos participantes do estudo não aumentou o risco de câncer de mama muitos anos após a exposição. As mulheres previamente expostas a tais medicamentos devem ser tranquilizados por estes resultados", DISSE LOUISE BRINTON, PHD, MPH, CHEFE DO HORMONAL E REPRODUTIVA EPIDEMIOLOGIA FILIAL DO INSTITUTO NACIONAL DO CÂNCER EM BETHESDA, MARYLAND. No entanto, as mulheres em nosso estudo que desenvolveram câncer de mama foram, em média, apenas 53 anos de idade, que ainda é jovem, em termos de quando geralmente esperam cânceres de mama para se desenvolver. BRINTON advertiu que o aumento do risco para câncer de mama ocorreu em um pequeno subgrupo de mulheres e pode estar relacionado com a infertilidade persistente ao invés de ser causada pelos medicamentos. "No entanto, estes resultados sublinham a importância de um acompanhamento continuado das mulheres que estão expostas a medicamentos para a fertilidade", disse ele.O estudo envolveu mulheres que tomaram ou clomifeno ou gonadotrofinas. Os pesquisadores examinaram dados de 9.892 mulheres que foram avaliadas para a infertilidade entre 1965 e 1988 em cinco clínicas diferentes nos Estados Unidos que mantiveram registros até 2010. Das mulheres incluídas no estudo, 749 desenvolveram câncer de mama. Os pesquisadores obtiveram documentação médica para 696 daqueles que desenvolveram câncer, e foram capazes de validar 536 como tendo câncer de mama invasivo.O uso de clomifeno entre 38,1% dos pacientes não foi associado com o risco de câncer de mama, disseram os pesquisadores. No entanto, os pacientes que receberam múltiplos ciclos tinha um pouco mais de 1,5 vezes o risco de desenvolver câncer de mama. As gonadotrofinas(Gonal@, Puregon@, Menopur@, etc), que foram utilizados em 9,6% dos pacientes e, principalmente, em conjunto com o clomifeno, mostrou associações inconsistentes com risco aumentado de câncer de mama, segundo os os autores relataram.
PONTOS PERTINENTES
- Uso geral do citrato comiphene droga fertilidade (Clomid@, Indux@, Serofeno@) não foi associado com um risco aumentado de câncer de mama, segundo os investigadores relatam;
- O estudo avaliou o risco de câncer de mama de 30 anos;
- Um pequeno subconjunto de mulheres estava em maior risco para o câncer quando expostos ao uso extensivo de medicamentos para a fertilidade, mas não se sabe se os resultados deste risco da droga ou fatores relacionados à infertilidade.
TOP